top of page

QUEM FOI MONSENHOR JONAS ABIB

Atualizado: 15 de dez. de 2022

Jonas Abib nasceu em Elias Fausto dia 21 de dezembro de 1936, com sete anos ingressou no curso de primeiro grau no Colégio Padre Moye, sob a direção das irmãs da província da Gap.

Com 12 anos foi estudar no Liceu Coração de Jesus e trabalhar na oficina de artes gráficas no setor de encadernação, com 13 anos se transferiu para o ginásio São Miguel, em Lavrinhas (SP).

Com objetivo de entrar no seminário salesiano, onde mais tarde veio para Pindamonhangaba (SP), para cursar o segundo grau no Instituto do Coração Eucarístico e depois para Lorena, para estudar Filosofia, então instituto Salesiano de Filosofia e Pedagogia.

Concluída essa fase, fez teologia na cidade de São Paulo no instituto Teológico Salesiano Pio XI do Alto da Lapa, e foi ordenado padre pela ordem Salesiana no ano de 1964, com o seguinte lema: “Feito para todos.”.

Pós-ordenado foi trabalhar com os jovens na cidade de São Paulo, dando aulas na faculdade de Ciências e Letras de Lorena e realizando encontros e retiros sobre tudo na região do Vale do Paraíba.

No ano de 1978, Padre Jonas juntamente com um seleto grupo de jovens fundou a comunidade Canção Nova. Em 1980 a comunidade passou a figurar nos meios de comunicação com a rádio Canção Nova, na cidade Cachoeira Paulista, hoje com frequência em todo Brasil.

Em 1989, a comunidade Canção Nova lançou uma retransmissora de TV, Canção Nova pela TVE do Rio de Janeiro. Em 2004, juntamente a Comunidade Canção Nova, inaugurou o Centro de Evangelização Dom João Hipólito de Moraes, um local para aproximadamente 80 mil pessoas. Jonas Abib é presidente da Fundação João Paulo II e membro do Conselho da Renovação Carismática Católica do Brasil, além de outras funções.

No ano de 2008, a Comunidade Canção Nova recebeu o Reconhecimento Pontifício da Igreja, que atesta que ela é, a partir de então, uma Associação Internacional de Fiéis.

Imagem: Hiago Lima

Em 9 de outubro de 2007, Jonas Abib recebeu o título de monsenhor. O Papa Bento XVI deu ao sacerdote o título que é dado a padres que se destacam por relevantes serviços prestados à Igreja e aos fiéis em suas respectivas dioceses. O pedido oficial foi feito pelo Bispo da Diocese de Lorena, à época Dom Benedito Beni dos Santos (hoje emérito). A cerimônia de investidura ocorreu oito dias depois, em Cachoeira Paulista, na sede da Canção Nova.

No mesmo ano, recebeu o título de Corepiscopo da Igreja Maronita, concedido pela Eparquia Maronita do Brasil por meio de Dom Edgard Madi. Esse título é a maior honraria que um padre maronita pode receber abaixo do bispo e é concedida diretamente pelo Líder Maronita.

A cerimônia de investidura ocorreu no dia do aniversário de Monsenhor Jonas Abib, na Catedral Maronita de Nossa Senhora do Líbano. A família paterna do Monsenhor Jonas era originalmente ligada à Igreja Maronita, pois seu avô era diácono da mesma quando no Líbano. Por isso Padre Jonas teve que pedir permissão à Eparquia Maronita no Brasil para se tornar diácono e posteriormente presbítero pelo rito romano.

Matéria: Talles Honorato

Colaboração: Comunidade Canção Nova

Comments


bottom of page