top of page

PF E CVM INVESTIGAM FRAUDE DE R$ 451 MILHÕES EM SISTEMA PREVIDENCIÁRIO DE FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS

A Polícia Federal, com apoio da Comissão de Valores Mobiliários a operação Minuano, para desarticular uma organização criminosa responsável por fraudes que ocasionaram prejuízos aos Regimes Próprios de Previdência Social de servidores públicos em diversos estados do Brasil. Na operação, também foram executadas medidas cautelares contra os suspeitos, como a suspensão de atividade financeira e o bloqueio de contas e ativos que somam até 451 milhões de reais , valor estimado do prejuízo causado aos servidores. Os investigados poderão responder por diversos crimes, entre eles, a de gestão fraudulenta e com operações arriscadas, estelionato financeiro, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Caso condenados, as penas somadas ultrapassam os 40 anos de prisão.


Imagem: Divulgação Polícia Federal (PF)


Na operação, foram mobilizados mais de 100 policiais federais para o cumprimento de 27 mandados de busca e apreensão em nove cidades. A investigação teve início a partir de informações coletadas na Operação Gatekeepers (em 2018) e apurou que o grupo criminoso teria sido responsável pela captação e desvio de 239 milhões de reais de 69 Regimes Próprios de Previdência Pública em 11 estados – entre eles, o de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.


Fonte: CNN Brasil

Adaptação: Gabriela Rodrigues


Comments


bottom of page