top of page

LÉO FÊNIX (PSB) FOI REELEITO PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE CACHOEIRA PAULISTA

O parlamentar, Leonardo Guimarães Pereira da Silva, o Léo Fênix do (PSB), foi reeleito presidente da Câmara de Cachoeira Paulista para o ano de 2024, com nove votos, em sessão ordinária na última segunda-feira (11), além do presidente, foram definidos os cargos de vice-presidente, primeiro e segundo secretários.

Além de Léo Fênix, concorria ao cargo de presidente a vereadora Thálitha Barboza (PT), que além do seu próprio voto, recebeu os votos apenas de Adriana Vieira (PTB) e Agenor do Todico (PL), o vereador Rodolpho Borges (Rede de Sustentabilidade) não participou da sessão.

Segundo o presidente, a reeleição foi importante para dar continuidade aos trabalhos de modernização dos processos internos da Câmara, ocasionando maior transparência e eficiência aos serviços, “Temos planos ambiciosos para tornar à ‘Casa de Leis’ uma referência regional de Legislativo, no que diz respeito à modernização e a valorização do funcionalismo”.

Imagem: CMCP

O vereador quando foi eleito para presidir a Câmara em 2023 disse que teria quatro metas principais: reforma administrativa, valorização do funcionalismo público da Câmara, realização de um concurso público para completar o quadro de funcionários e capacitação dos colegas parlamentares.

Pouco menos de quatro meses para terminar a gestão do corrente ano, Fênix elencou as ações. “A reforma administrativa foi implantada, estruturando-se os setores e departamentos da Câmara”.

O funcionalismo vem sendo valorizado, tendo sido implantado o reajuste salarial e o aumento do vale alimentação que hoje é um dos poucos da região fixado em patamar digno e superior ao preço médio da cesta básica”, lembrou o presidente reeleito, destacando ainda a implantação do plenário digital e o aumento do vale alimentação para os servidores do Legislativo, o valor passou de R$ 506 para R$ 1012 reais.

Na mesma sessão ordinária, foi eleito Luiz Gonzaga Brejão (PSC), como vice-presidente, Brejão, que foi presidente da Câmara em 2022, obteve nove votos, a nova mesa administrativa será formada ainda pelos vereadores Felipe Piscina (União Brasil) que foi reeleito para a função de primeiro secretário e Rogéria Lucas (Podemos) que será a segunda secretária, vale salientar também que para a próxima legislatura, no ano 2025, entrará em vigor o mandato de dois anos para os membros da mesa diretora.

Matéria: Talles Honorato


Comments


bottom of page