top of page

INSTITUTO BUTANTAN TESTA TRATAMENTO CONTRA ALZHEIMER BASEADO EM MOLÉCULA MODIFICADA DO PEIXE MERLUZA

Um composto desenvolvido por pesquisadores do Instituto Butantan e da Universidade São Francisco conseguiu, em testes feitos com animais, inibir a principal enzima causadora da Doença de Alzheimer, transtorno neurodegenerativo que causa a perda da memória e de outras funções mentais. Segundo a Organização Mundial da Saúde, 40 milhões de pessoas sofrem com a doença em todo o mundo.

Imagem: Luis Alvarez/Getty Images

O estudo se baseou em um peptídeo - uma estrutura de dois ou mais aminoácidos - modificado em laboratório a partir de uma proteína encontrada no peixe merluza. Nos resultados obtidos até então, o composto foi capaz de chegar ao cérebro de animais apenas duas horas após sua administração. Nos testes in vitro, ainda se conseguiu bloquear a atividade de uma das principais enzimas responsáveis pelo Alzheimer, a BACE-1, em neurônios afetados pela doença.


Fonte: CNN Brasil

Adaptação: Gabriela Rodrigues

Comentários


bottom of page