top of page

FERNANDO COLLOR É CONDENADO A 8 ANOS E 10 MESES DE PRISÃO PELO STF

O STF, Supremo Tribunal Federal, condenou o ex-presidente e ex-senador Fernando Collor a oito anos e dez meses de prisão em regime inicial fechado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por um esquema na BR Distribuidora. Ainda cabe recurso ao próprio STF e, por isso, Collor não será preso agora. O ex-senador também deverá pagar multa, indenização e ficar proibido de exercer as funções públicas. Em nota, o advogado de Collor, Marcelo Bessa, reafirmou que a defesa está convicta da inocência de Collor e que eles vão recorrer da decisão. A sessão da última quarta-feira (31) foi a sétima consecutiva a analisar a ação penal contra o ex-presidente e nela, os ministros definiram a pena que ele deverá cumprir. A condenação de Fernando Collor já tinha sido decidida pela corte.

Imagem: Jefferson Rudy/Agência Senado

A maioria dos ministros entendeu ter ficado comprovado que Collor recebeu 20 milhões de reais em propina entre 2010 e 2014 para facilitar a construção de obras da UTC Engenharia na BR Distribuidora usando sua influência política como senador. Oito ministros votaram pela condenação de Collor: o relator, Edson Fachin, e os ministros Roberto Barroso, Luiz Fux, Cármen Lúcia, André Mendonça, Dias Toffoli, Alexandre de Moraes e Rosa Weber. Os ministros Nunes Marques e Gilmar Mendes votaram pela absolvição.


Fonte: CNN Brasil

Adaptação: Gabriela Rodrigues

Comments


bottom of page