top of page

DOIS HOMENS SÃO MULTADOS POR PESCA DE PEIXES AMEAÇADOS DE EXTINÇÃO EM ILHABELA

A Polícia Militar Ambiental Marítima flagrou, durante a tarde do último domingo (3), uma embarcação que armazenava cerca de seiscentos e 20 quilos de tainha irregular no porão. Nenhum dos cinco tripulantes estava com a licença de pesca em dia, o que enquadra como crime ambiental. Segundo a corporação que realizava um patrulhamento náutico nas proximidades do município de Ubatuba, o barco foi visualizado e autuado.

Imagem: Divulgação/Polícia Militar Ambiental Marítima

Em contato com o responsável da embarcação, a PM Ambiental confirmou que todos os cinco tripulantes estavam com a licença de pesca vencida. Além da falta de documentação, ao checar o porão do veículo, dentro de um compartimento onde normalmente se guardam pescados, os agentes encontraram cerca de seiscentos e 20 quilos de tainha.

Com isso, foram elaborados cinco autos de infração que, no total, renderam 134 mil reais em multas. Além do valor a ser pago, os policiais também apreenderam a embarcação, uma rede de pesca de trezentos e 80 metros e o carregamento de pescados. Como as tainhas estavam em boas condições, elas foram doadas ao Fundo de Solidariedade de Ubatuba.


Fonte: Jornal OVALE

Adaptação: Gabriela Rodrigues

Comments


bottom of page